Proteger o negócio: um guia completo para a escolha e manutenção do equipamento de proteção da carga

Última atualização:

No domínio dos transportes e da logística, a escolha do equipamento correto de acondicionamento da carga é uma decisão essencial com impacto na segurança, eficiência e custos. Este artigo apresenta as principais considerações para o orientar neste processo crucial de tomada de decisões.

Considerações antes de escolher o equipamento de acondicionamento da carga

Em primeiro lugar, considere o peso do seu veículo. É mais pesado ou mais leve do que 3,5 toneladas? A resposta ditará a força e o tipo de equipamento de que necessita. Em segundo lugar, avalie as condições do porta-cargas - o seu tamanho, forma e características da superfície. Isto determina o método de instalação e o ajuste do equipamento.

Compreender as características da carga também é fundamental. Considere o seu tamanho, peso, forma e material, uma vez que cada um destes atributos afecta a escolha do equipamento de fixação. Por fim, decida qual o método de fixação da carga - amarração, travamento ou uma combinação de ambos, consoante os requisitos específicos da carga e do veículo.

Compreensão dos métodos de amarração e de bloqueio

A amarração consiste em fixar a carga utilizando dispositivos flexíveis, como cintas ou correntes. Num ambiente fechado, certifique-se de que o seu transportador possui acessórios de amarração adequados no chão, na parede ou na linha de extremidade. Para os transportadores abertos, o mesmo se aplica ao chão, aos lados ou à linha de extremidade.

O travamento, por outro lado, implica impedir a movimentação da carga através de obstruções. O travamento vertical requer dispositivos de travamento no piso ou no teto, enquanto o travamento horizontal requer calhas instaladas nas paredes. Para a amarração do cabresto, são necessários pontos de amarração adequados no piso.

Produtos comuns para acondicionamento de cargas

Para a amarração, as opções mais populares incluem as amarrações em tecido ou em teia, utilizadas frequentemente devido à sua flexibilidade. As amarrações com correntes oferecem maior resistência e tensão, o que as torna ideais para máquinas ou veículos pesados. Os guinchos fixos, frequentemente montados no exterior do porta-cargas, constituem outra opção viável.

Em termos de travamento, são normalmente utilizadas barras de carga e postes ou vigas de escoramento. As barras de carga permitem um bloqueio e uma separação fáceis das mercadorias, enquanto os postes e as vigas de escoramento oferecem versatilidade, uma vez que podem ser fixados na horizontal ou na vertical.

Equipamento útil adicional de fixação da carga

Para além do básico, outro equipamento pode melhorar o processo de acondicionamento da carga. Os sacos de estiva preenchem espaços não desejados e ajudam a estabilizar a carga. Os protectores de cantos protegem as embalagens não rígidas e reduzem o desgaste das amarrações. Os tapetes de fricção aumentam a fricção entre a carga e o piso do transportador, enquanto os blocos de paragem impedem que os veículos rolem durante o estacionamento ou o transporte.

Inspeção regular e substituição do equipamento de fixação da carga

Por último, é obrigatória uma inspeção regular do seu equipamento de acondicionamento da carga. Certifique-se de que todos os artigos estão limpos, sem danos e em condições de funcionamento. A substituição torna-se necessária em casos de cintas desgastadas devido a sujidade ou gravilha, desgaste visível, correntes de amarração danificadas ou etiquetas ilegíveis.

Certifique-se sempre de que o equipamento de substituição é fornecido com uma certificação clara da sua capacidade de carga. Desta forma, assegurará a segurança e a integridade do seu processo de acondicionamento da carga, protegendo o seu investimento e garantindo a sua tranquilidade.

pt_PTPortuguese